Banco Central vai liberar transações financeiras pelo whatsapp

Por Bianca Paiva – Brasília

Depois de suspender em junho as transações bancárias por meio do aplicativo whatsapp, o Banco Central vai liberar o serviço. A informação foi dada esta semana pelo presidente do banco, Roberto Campos Neto, em um evento virtual internacional. A ferramenta havia sido lançada pelo Facebook no país sem autorização da autoridade monetária. O Banco Central argumentou que seria necessário avaliar os riscos da nova tecnologia, que está sendo liberada aos poucos no Brasil.

Campos Neto explicou que o serviço atingiria mais de 100 milhões de pessoas, o que geraria um alto poder de influência no mercado. Também destacou que havia uma preocupação com a competitividade e a proteção de dados pessoais. Além disso, afirmou que a ferramenta não poderia ser liberada de forma acelerada e que pediu ao Facebook que seguisse o percurso natural para autorização de acordos como esse. Ainda não há data para liberação da ferramenta.

De acordo com informações da Agência Brasil, o serviço do whatsapp vai permitir que pessoas físicas façam pagamentos e transferências de dinheiro usando cartão de débito para os contatos que possui no aplicativo e para fazer compras com isenção de taxas. Cada transação ficaria limitada a R$ 1 mil, com limite de 20 transações por dia; e R$ 5 mil por mês.

Banco do Brasil, Sicredi e Nubank já são parceiros do serviço para a transferência entre pessoas físicas.

Já as pequenas empresas usariam uma versão do aplicativo com contas comerciais para receberem pagamentos de clientes com taxa fixa de 3,99%. Nesse caso, as transações poderiam ser feitas tanto com cartão de débito como de crédito.

Edição: Sâmia Mendes

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *