A Secretaria de Saúde de Minas Gerais avalia retomar as cirurgias eletivas no estado. Os procedimentos estavam suspensos desde março, como parte das medidas preventivas do governo estadual no enfrentamento à pandemia. Uma nova deliberação ainda será elaborada pela pasta de Saúde para que o retorno das cirurgias possa acontecer em paralelo com os sinais de estabilização dos números da Covid-19 em Minas.



Segundo o secretário estadual de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, é preciso retomar as cirurgias, mas também garantir que unidades hospitalares tenham condições de manter o atendimento dos casos de coronavírus. Um dos principais impasses tem a ver com o uso eventual, nesses procedimentos eletivos, de alguns medicamentos necessários para o tratamento da Covid-19. Segundo o secretário adjunto de Saúde, Marcelo Cabral, esse cenário pode gerar uma sobreposição desses procedimentos, prejudicando o enfrentamento à pandemia. 

Fonte: Brasil 61