Por Lígia Souto – Rio de Janeiro

Mesmo sem a previsão de quando haverá uma vacina contra o novo coronavírus, as escolas de samba do Rio de Janeiro deram um passo para definir uma data provável dos desfiles de 2021. Julho foi o mês escolhido pelas grandes agremiações que, no entanto, condicionaram a realização do espetáculo ao início da imunização contra a covid-19.
A decisão foi anunciada após reunião plenária realizada nessa segunda-feira (16) com representantes das agremiações e da Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa).
A intenção é que a escolha da data seja acertada com outras cidades que têm tradição em promover carnaval e que, assim como Rio, adiaram a festa devido à pandemia – entre elas, São Paulo e Salvador.

Para isso, a Liesa espera que um projeto de lei seja aprovado na esfera federal, criando um feriadão entre os dias 8 e 11 de julho para realização da folia.
A indicação do mês de julho permite que as escolas de samba se preparem para os desfiles. A assessoria de imprensa da Liesa confirmou que as agremiações trabalham agora com essa data, mas ressaltou que o martelo ainda não foi batido, e depende da chegada de uma vacina contra o novo coronavírus.

Edição: Ana Pimenta

Fonte: Agência Brasil