Curitiba tem primeiros casos de cães confirmados com Covid-19 no país

Por Eliane Gonçalves – São Paulo

No Brasil, dois cães em Curitiba foram identificados com o novo coronavírus. A Universidade Federal do Paraná confirmou que estes são os primeiros casos identificados no Brasil.

O diagnóstico foi confirmado pela Universidade Federal do Paraná e faz parte de um estudo que está testando cães e gatos em seis capitais: Curitiba, Belo Horizonte, Campo Grande, Recife, São Paulo e Cuiabá.

Nos dois casos, os tutores dos animais já estavam infectados com o vírus Sars Cov 2 e os animais dormiam na mesma cama em que os donos. Segundo o coordenador da pesquisa, Alexander Biondo, cães e gatos são resistentes ao vírus e não transmitem a doença para serem humanos.

Na verdade, a hipótese é de que os tutores, que tinham alta carga viral do coronavírus, é que transmitiram a doença para os animais.

Alguns estudos mostram que gatos podem transmitir o vírus para outros gatos. Essa informação não está disponível para cães.

Também não existe registro de cães e gatos que tenham desenvolvido a doença provocada pelo Sars Cov 2, a Covid-19. Alguns podem até apresentar alguns sintomas, como secreção nasal.

Estes são os primeiros casos de infecção pelo novo coronavírus em cães identificados no Brasil. A presença do novo coronavírus já foi confirmada também em pelo menos uma gata, em Cuiabá, Mato Grosso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *