Farmacêutica pede uso emergencial de imunizante Sputnik V

 Por Leandro Martins – Brasília

A farmacêutica União Química e o Fundo de Investimentos Diretos da Rússia deram entrada ao pedido emergencial para uso do imunizante Sputnik V no Brasil.

O pedido da União Química e do RDIF, Fundo de Investimentos Diretos da Rússia, aconteceu nessa sexta-feira (15).

O laboratório encaminhou à Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, um pedido temporário e emergencial para utilização de 10 milhões de doses do imunizante Sputnik V no Brasil.

A vacina Sputnik V foi a primeira registrada no mundo contra a covid-19, e que já vem sendo utilizada por vários países.

O laboratório russo declarou que serão disponibilizadas para o Brasil, ainda no 1º trimestre de 2021, 10 milhões de doses do imunizante.

A vacina será produzida em fábricas do laboratório em Brasília e Guarulhos, São Paulo, através de acordo de transferência de tecnologia firmado entre a companhia e o RDIF.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *