Cientistas brasileiros desenvolvem corante natural de pitaia

Por Leandro Martins* – Repórter da Rádio Nacional – Brasília

Cientistas brasileiros estão desenvolvendo um corante natural nas cores vermelha, violeta e rosa para ser utilizado nas indústrias de alimentos e cosméticos, a partir da pitaia, uma fruta originária da América Central, mas que está cada vez mais presente nos mercados do Brasil.

O corante de pitaia é uma alternativa a outros corantes vermelhos utilizados pela indústria, como o carmim de cochonilha e a beterraba. De acordo com o engenheiro de alimentos da Embrapa Guilherme Zocolo, coordenador do projeto, o corante de beterraba pode deixar um gosto residual. Já o carmim de cochonilha, que é produzido a partir de um inseto, pode causar alergia em algumas pessoas.

Outra vantagem da pitaia, de acordo com Guilherme, é em relação à produção, já que a fruta pode ser plantada em regiões de pouca água, como no semi-árido da região Nordeste.

O corante de pitaia é apresentado como alternativa vantajosa para a indústria, em termos de economia, porque pode ser totalmente produzido no Brasil, enquanto os outros são importados. E ainda atende à questão ambiental, como explica Guilherme Zocolo:

O corante de pitaia está pronto para ser industrializado, e a Embrapa, desenvolvedora do produto, está aberta a parcerias com empresas interessadas.

*com produção de Renato Lima

Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *