Resumo da novela Alma gêmea 31/01 a 04/01

31 de janeiro

Rafael colhe algumas rosas para levar à festa da cidade e oferecer à Nossa Senhora da Rosa Mística. Luna ouve Rafael rezando na igreja e pedindo um amor. Cristina é eleita a Rainha das Rosas, por ser a menina mais bonita da cidade. Débora, mãe de Cristina, garante que Rafael está interessado nela e a aconselha a casar-se logo com ele, pois ele é muito rico.

Rafael vê Luna entrando no baile da cidade e vai tirá-la para dançar. Cristina fica furiosa e morta de inveja. Luna explica para Rafael que é prima de Cristina, bailarina e que acabou de se mudar para a cidade. Rafael e Luna ficam encantados um pelo outro. O tempo passa.

Rafael pede Luna em casamento. Agnes, mãe de Luna, acha que eles vão se casar depressa demais, mas Adelaide, avó da bailarina, entende que os dois são almas gêmeas. Rafael dá um anel a Luna. Cristina garante a Débora que Rafael um dia será dela.

Rafael e Luna se casam. Nasce Felipe, filho dos dois. Débora sugere que Cristina vá trabalhar de governanta na casa de Rafael para conhecer um bom partido. Cristina vai, mas para ficar perto de Rafael. Rafael cria uma nova variedade de rosa branca e a batiza com o nome de Luna. Adelaide dá a Luna as joias da família, pois ela foi sua primeira neta a ter um filho. Cristina fica furiosa.

Luna vai dançar como primeira bailarina no Theatro Municipal de São Paulo. Cristina manda que Guto, seu admirador, roube as joias de Luna quando ela estiver saindo do teatro. Luna dança e todos a aplaudem. Guto e um comparsa, disfarçados, abordam Luna na saída do espetáculo e pedem as joias. Rafael enfrenta Guto, que atira. Luna se joga na frente de Rafael e é atingida. Guto e seu comparsa fogem com as joias.

Luna é levada para o hospital. Rafael fica o tempo todo ao lado dela, desesperado. Luna se vê num túnel e vai na direção da luz. Rafael pede que Luna volte para ele. Luna ouve Rafael, tenta voltar, mas acaba se desviando em seu caminho. Luna morre e, logo em seguida, Jacira, uma índia, tem uma filha.

1º de fevereiro

Jacira percebe que sua filha tem uma marca no peito diferente. Jacira mostra a menina ao pai, Josias, que é branco e garimpeiro. Josias não se importa muito com a criança e vai embora da aldeia para não ser obrigado a casar com Jacira. A indígena fica arrasada. Agnes se desespera ao saber que a filha morreu.

Cristina revela a Débora que mandou Guto roubar as joias de Luna. Débora aconselha a filha a pegar as joias de volta e escondê-las, pois elas são a prova do crime. Ela fala para Cristina que, agora que Luna morreu, será sua chance de consolar e ficar com o botânico. Cristina dá dinheiro a Guto e pede que ele desapareça. Guto concorda, mas afirma para Cristina que a ama e vai voltar um dia.

Rafael pede que Bernardo destrua todas as mudas da rosa Luna e que vai manter só um pé em sua estufa. Cristina esconde as joias no compartimento secreto de uma escrivaninha. Rafael mantém o ateliê de Luna exatamente como ele estava. Cristina se oferece para ajudar a criar Felipe. Rafael agradece a Cristina por sua generosidade. O Pajé diz a Jacira que sua filha veio ao mundo com uma missão e dá a ela o nome de Serena.

Seis anos se passam. Rafael trabalha em suas rosas, mas não conseguiu criar nenhuma nova variedade desde que ficou viúvo. Guto manda uma carta para Cristina dizendo que está na cadeia e exigindo dinheiro. Rafael entra no ateliê da esposa para lembrar-se dela e chora. Cristina diz a Rafael que ele deveria retomar sua vida, mas ele afirma que não consegue. Na aldeia, Serena vê a imagem de uma rosa branca.

2 de fevereiro

O Pajé fala para Jacira que Serena precisa estudar, pois um dia vai embora da aldeia. Rafael, com aparência descuidada, enxerta rosas e explica ao filho que seu coração ficou calado desde a partida de sua mãe. Cristina recebe uma carta de Guto. Débora aconselha Cristina a mandar dinheiro para Guto. Rafael relembra os tempos com Luna e Cristina lhe diz que ele deve retomar sua vida.

Cleyde ensina Serena a ler na escolinha. Serena desenha uma rosa. Cleyde se espanta, pois sabe que não existem rosas na região. O Pajé afirma que a flor é um aviso do destino de Serena. Mais anos se passam e Serena se transforma em adulta. Serena reencontra com José Aristides, o índio que estudou com ela, que fica encantado com a beleza da mestiça. O indígena a pede em casamento.

Cristina pede a Zulmira que procure alguém para ajudá-la com os serviços da casa. Cristina diz a Felipe que está preocupada com Rafael e pede para ele conversar com o pai. Felipe diz ao pai que sua obsessão por Luna fez com que ele esquecesse de cuidar dele, dos negócios e da casa. Rafael explica que sente que sua esposa ainda está viva.

Cristina diz a Rafael que ele deveria casar-se de novo, para o bem de Felipe. Serena fala para o Pajé que sente uma música lhe chamando para longe da aldeia, e não sabe se deve segui-la ou ficar e se casar com José Aristides. O Pajé afirma que todos vêm ao mundo encontrar o amor. José Aristides corre para avisar Serena sobre sua mãe. Serena sai correndo.

3 de fevereiro

Jacira é morta por uma onça, para desespero de Serena. José Aristides pede que Serena se case com ele, agora que não tem ninguém no mundo. Mirna fala para seu irmão Crispim que quer arrumar um namorado para não ficar encalhada. Crispim diz a Mirna que é ele quem vai escolher o namorado dela. Olívia conta para Rafael que vai dar uma festa de aniversário de casamento surpresa para Raul e o intima a ir.

Rafael agradece a Abílio por cuidar dos negócios. Felipe procura Eduardo e diz que quer ver o pai feliz. Zulmira vai à pensão de Divina procurar uma pessoa para ajudá-la nos serviços de casa. Eduardo pede a ajuda de Vera e Olívia para arrumar uma namorada para Rafael. Olívia garante que vai apresentar Rafael para uma mulher deslumbrante em sua festa.

Rafael não entende porque a roseira de Luna não dá mais flor. José Aristides conta para Serena que os brancos estão querendo expulsar os índios das terras. Serena descobre que Josias é o líder dos garimpeiros e vai à procura do pai para pedir por seu povo. Josias trata Serena mal e afirma que não tem filha mestiça. Adelaide e Agnes comentam o quanto Cristina mudou e se tornou boa.

Débora fala para Cristina que ela precisa se casar com Rafael, pois corre riscos caso Guto saia da cadeia. Guto avisa Cristina que foi solto. Os garimpeiros invadem a terra da tribo de Serena. Josias defende Serena e manda ela fugir. Serena vê que Cleyde está presa na escola e vai salvá-la. Um pedaço do telhado cai sobre Serena, que desmaia. José Aristides, que vê a cena, corre para salvá-la.

4 de fevereiro

José Aristides leva a mestiça ferida para uma aldeia mais distante, para que o Pajé cuide dela. Cristina explica para Guto que já lhe mandou todo o dinheiro que tinha, mas garante que vai se casar com Rafael e conseguir mais. Guto fala para Cristina que gostaria de se casar com ela e a governanta deixa claro para seu pretendente que eles não precisam se casar para estarem juntos.

Vitório, o filho mais velho de Divina e Osvaldo, chega à pensão dos pais, avisando que perdeu o emprego. Divina e Osvaldo tentam conseguir um lugar para Vitório dormir na pensão lotada. Serena acorda. José Aristides conta para ela que a aldeia foi queimada e a convida para viver com ele. A mestiça diz que vai pensar, pois sente um chamado em seu coração.

Serena vê novamente a rosa branca. O Pajé diz que ela tem que viajar até encontrar a flor, pois saberá que encontrou seu destino. Felipe diz a Olívia que sempre achou que Rafael iria se casar com Cristina. Olívia afirma que Rafael pode encontrar alguém melhor. Cristina ouve e fica furiosa.

Débora sugere a Cristina que elas descubram algum segredo de Olívia para que consigam tirá-la de seu caminho. Mirna conhece Ivan e o acha interessante. Zulmira sugere que Mirna a ajude com o serviço na casa de Rafael, mas Crispim não permite que ela vá. Olívia decide apresentar Rafael para Madalena, sua modista.

Cristina fica furiosa ao saber que Rafael vai à festa de Olívia, enquanto ela sequer foi convidada. Rafael pensa em Luna e pede que ela volte para ele. Serena explica para José Aristides que não pode se casar com ele, pois tem que seguir seu destino. Cleyde sugere que Serena vá para São Paulo.

5 de fevereiro

Cleyde dá um pouco de dinheiro a Serena e o endereço de uma prima que mora na capital paulista. José Aristides leva Serena até a estrada e se despede dela. Serena pega uma carona num carro de boi e chega a uma fazenda. Serena fala para o capataz que quer chegar em São Paulo. O capataz diz a Serena que ela não tem dinheiro suficiente e a aconselha a ficar um tempo trabalhando na cozinha da fazenda.

Rafael e Felipe chegam à festa de Olívia, que mostra a Felipe sua filha Mirella, já está uma moça. Felipe e Gumercindo se interessam por Mirella. Enquanto todos na pensão brigam por um pedaço de frango, Dalila diz que vai visitar uma amiga. Almerinda, uma senhora que trabalha na cozinha da fazenda, percebe que Serena é muito inocente.

Débora, Agnes e Adelaide veem Kátia na festa. Olívia apresenta Rafael para Madalena e sugere que eles dancem, mas o botânico diz que não sabe dançar. Olívia garante a Madalena que Rafael gostou dela. Raul e Dalila dançam numa boate. Os convidados de Olívia começam a ir embora, para constrangimento dela. Raul e Dalila ficam presos na boate devido a uma forte chuva. O capataz mostra interesse por Serena.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.