Flordelis: Justiça nega solicitação para transferir julgamento

 Por Fabiana Sampaio – Repórter da Rádio Nacional – Rio de Janeiro

A Justiça do Rio negou o pedido da defesa da ex-deputada federal Flordelis dos Santos de Souza para que o julgamento fosse transferido da 3a Vara Criminal de Niterói para o Rio de Janeiro. A decisão liminar é do desembargador Celso Ferreira Filho, relator do caso na 2a. Câmara Criminal do Tribunal.

A defesa de Flordelis alegou, no início do mês, que a juíza do caso, Nearis dos Santos Carvalho Arce, tinha falado com os jurados que devem atuar no processo sobre o julgamento da ré. E que ao comentar sobre o caso em uma reunião, a magistrada teria comprometido a parcialidade dos jurados.

Na decisão, o magistrado entendeu que não houve quebra de imparcialidade dos jurados já que se trata de reunião rotineira entre a magistrada e eventuais componentes do corpo de jurados, na qual Ministério Público, assistente de acusação ou defesa têm acesso.

Flordelis está com o julgamento marcado no Júri Popular para o próximo dia 06 de junho. A ex-deputada é acusada de ter participado, juntamente com alguns de seus filhos, do assassinato de seu marido, o pastor Anderson do Carmo, em junho de 2019.

Com informações da Agência Brasil.

Edição: Sâmia Mendes / Guilherme Strozi

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.