Pantanal

PANTANAL 12 a 17 de setembro

Capítulo 145, segunda, 12 de setembro

Tenório conta a Renato que quer as terras de José Leôncio. Renato leva Solano para conhecer José Leôncio. Tenório escuta Zuleica dizer a Renato que Marcelo não é seu irmão por parte de pai. Tenório exige uma explicação de Zuleica. Maria Bruaca avisa a Alcides que depois do divórcio eles ficarão juntos. Alcides diz a Maria Bruaca que deseja ver Tenório morto. Muda insiste para Tibério matar Tenório. Alcides sonha com Trindade, dizendo ao peão para não se esquecer de seu pai. Tenório avisa a Solano que ele foi pago para executar o serviço.

Capítulo 146, terça, 13 de setembro

Filó não se conforma com decisão de Juma de parir com a ajuda do Velho do Rio. Zuleica pensa em voltar com os filhos para São Paulo. José Leôncio fica surpreso quando Jove lhe conta que José Lucas deu uma aula de política para o prefeito e vereadores. A família de Tenório estranha a trégua de paz que o grileiro propõe. Guta e Marcelo tentam convencer Maria Bruaca a negociar com Tenório. Tenório orienta Solano a tirar as vidas de José Leôncio e seus filhos de uma só vez. Solano ensina Renato a atirar. Irma pressente que haverá morte. Juma aconselha Zefa a conversar com Tadeu. Zefa decide voltar para a fazenda de Tenório.

Capítulo 147, quarta, 14 de setembro

Tadeu se nega a seguir o conselho de Filó e não pede desculpas a Zefa. Renato tem segundas intenções com Zefa. José Leôncio diz a Jove que está começando a levar as propostas de José Lucas a sério. Renato tenta seduzir Zefa. Alcides diz a Maria Bruaca que Tenório quer enganá-la. Filó se sente culpada pelas coisas que disse a Zefa. Tenório aceita dar o salário pedido pela funcionária, se ela lhe confirmar se Maria Bruaca dorme com Alcides. Tenório visita José Leôncio.

Capítulo 148, quinta, 15 de setembro

Tenório pede a José Leôncio e Mariana que convençam Maria Bruaca a deixar a fazenda de fora na divisão de bens. Muda atiça Alcides contra Tenório. Juma comenta com Mariana que não gostou de Solano. O Velho do Rio deixa claro para Juma que é importante ela estar na tapera na hora do parto. Zefa reage ao assédio de Renato. Depois, observa sua conversa com Solano e se assusta. José Leôncio avisa que Maria Bruaca conseguiu o divórcio e que abriu mão da fazenda. Ela diz a Alcides que eles começarão a vida no Sarandi, e pede para o peão esquecer a vingança contra Tenório. Renato questiona Tenório sobre a herança de Zuleica.

Capítulo 149, sexta, 16 de setembro

Muda não gosta de saber que Maria Bruaca ficará com as terras que eram de sua família. Renato quer tirar a vida de Tadeu. José Leôncio demonstra cansaço, e deixa todos preocupados. Zefa volta para a fazenda de José Leôncio. Guta conta a Zuleica e Tenório que Zefa foi embora porque Renato estava abusando dela. Zefa revela a José Leôncio que Solano é matador e que o fazendeiro está jurado de morte. Muda insiste para Tibério fazer alguma coisa em defesa do patrão. Irma pressente que haverá duas mortes. Tenório repreende Renato. Maria Bruaca confirma para José Leôncio que o ex-marido seria capaz de mandar matá-lo.

Capítulo 150, sábado, 17 de setembro

Filó pede que José Leôncio não saia de casa. Juma sugere que Jove e os irmãos tirem a vida de Tenório. Alcides ameaça Solano, enquanto Zaquieu procura a arma no quarto do matador. Zuleica repreende Renato pelo assédio a Zefa. Alcides faz Solano refém e o leva para a fazenda de José Leôncio. Renato desmoraliza Zefa, e José Leôncio expulsa a moça de sua fazenda. Ari confirma para José Leôncio que não existe nada contra Solano registrado na polícia. José Leôncio diz aos filhos que deve desculpas a Tenório.

Recomendados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.